WordPress ou Wix – qual o melhor para o meu website?

Muitas vezes me perguntam por que motivo escolho o WordPress e não outra plataforma qualquer para desenvolver websites.

 

Aliás, quem trabalha comigo já sabe que terá trabalho de casa para fazer e, perante isto, a tentação de optar por outra plataforma aparece… Até perceberem no que poderão estar a meter-se.

 

Para te explicar melhor por que razão prefiro o WordPress, vou aqui fazer uma comparação com outra plataforma muito conhecida e concorrente direta — o Wix.

 

Porque ficou o WIX tão conhecido?

Embora o WordPress seja, provavelmente, a plataforma mais conhecida do mundo para o desenvolvimento de websites, não é a única.

Há, aliás, plataformas que apostam muito em publicidade e insurgiram-se no mercado como potenciais alternativas ao WordPress.

 

O Wix é uma delas.

 

O posicionamento desta plataforma é ótimo para atrair empreendedores e empresários que querem entrar no mundo dos negócios, que querem uma estrutura mais sólida e credível e que reconhecem a necessidade de ter o seu próprio website.

 

E o que pode ser mais chamativo do que hastear a bandeira do preço e da simplicidade? «Por um investimento mensal baixo e, em 2 ou 3 cliques, poderá ter o seu site ou blog pronto para o mundo!»

 

Uau!, certo?

 

Nem por isso… Vamos, em seguida, analisar as diferenças entre WordPress e Wix, para que possas tomar uma decisão consciente.

 

WordPress ou Wix – são fáceis de usar?

Tanto WordPress como Wix são opções válidas, caso pretendas desenvolver o teu próprio website ou blog.

 

Não precisas de aprender linguagens de programação nem de investir num web designer, se quiseres investir o teu tempo a aprender como se faz, claro. E correndo o risco de não ficar bem feito e de teres, na mesma, de contratar um web designer posteriormente.

 

Wix

O Wix tem uma interface bastante fácil de usar em que tudo o que tens de fazer é selecionar, arrastar e largar elementos. E puf, está a página construída.

 

Só tens de alterar o teu copy (os textos e os títulos) e as imagens.
Fantástico, não é? Já lá vamos.

 

WordPress

Semelhante ao Wix neste aspeto, o WordPress tem uma ferramenta super fácil de usar, que é o editor de blocos.

 

No entanto, tem a particularidade de disponibilizar centenas de temas, que são uma espécie de templates prontos a usar, e que podes alterar com o editor de blocos. E ainda existem os famosos plugins, que podes adicionar aos temas e levar o teu website a outro nível.

 

Ou seja, ambas as plataformas são fáceis de usar e dispensam código e programação. Conseguirás desenvolver um site do zero sem saberes escrever uma única linha de código.

 

Mas, então, qual a diferença entre WordPress e Wix?

 

Bem, neste aspeto, ambos são fáceis de usar, mas o Wix só te dá esta autonomia até determinado ponto. Acaba por limitar a tua criatividade porque poderá não corresponder às tuas necessidades. Já o WordPress, com uma curva de aprendizagem muito curta, permite-te levar o teu site a outro patamar de desempenho e funcionalidade.

 

Temas e templates

Convém que o teu site seja um espelho do teu branding, da tua marca, dos teus valores e profissionalismo, por isso, a imagem do teu site é essencial.

 

Já referi, brevemente, a questão dos temas e templates. Vamos, agora, analisar melhor esta questão.

 

Apps do Wix

Tens um leque grande de opções no Wix. Com bom ar, diga-se.

 

Mas, problema número 1: uma vez escolhido o template do teu website, não poderás alterá-lo.

 

E problema número 2: as ferramentas são muito limitadas para as alterações que pretendes fazer no site. Poderá não ser, de todo, possível.

 

Isto é, caso sintas outras necessidades no caminho ou caso o teu negócio sofra alterações no futuro e precises de um website com outras características, terás de criar um website novo.

 

Temas do WordPress

O mesmo não acontece com o WordPress.

 

O WordPress permite-te alterar, em qualquer altura, o tema que escolheste inicialmente. Sem dificuldade, poderás escolher outro tema e terás uma série de ferramentas e plugins à tua disposição para o fazeres com sucesso.

 

Existem centenas de temas, uns pagos e outros gratuitos, e um rol de informação e suporte muito extenso na internet sobre qualquer tema.

Tudo isto permite que o teu website evolua contigo e com o teu negócio.

 

Plugins e add-ons

Ambos, WordPress e Wix têm à disposição uma série de add-ons que ajudam o teu website a funcionar às mil maravilhas.

 

Mas existem diferenças estruturais gigantes.

 

Ao passo que o Wix não chega a 500 apps para adicionares ao teu site, o WordPress tem perto de 60 mil plugins à tua disposição. Sim, leste bem. Perto de 60 mil.

 

Basicamente, if you can dream it, WordPress can make it.

 

 

E qual a melhor para o meu blog?

Bem, se tens um blog ou queres ter, nem vou estar aqui com grandes justificações.

 

WordPress já.

 

O Wix tem inúmeras limitações. A interface utilizada para a escrita não se assemelha em nada à interface de construção de websites. É um editor de texto super básico e, logo, extremamente limitado.

 

Além de que os comentários dos utilizadores não funcionam bem, o sistema é lento, e olha: uma chatice.

 

O WordPress tem cerca de 40% dos blogs do mercado. Não é à toa, certo?

 

E se eu tiver um e-commerce?

No que diz respeito a webshops, o mais importante é garantires a segurança, a robustez e o bom desempenho da tua plataforma.

 

Por outro lado, teres uma webshop realmente tua e que não te obrigue a pagar por cada venda, não te parece a melhor opção?

 

Para teres uma loja online no Wix, precisas de aderir a uma versão paga da plataforma. Sim, terás de fazer uma subscrição mensal. Isto porque o Wix não disponibiliza e-commerce na versão gratuita.

 

Além disto, cada venda que faças na tua loja online vai reverter, pelo menos, 2.9% do valor, para o Wix. E as ferramentas são muito limitadas, mesmo pagando.

 

no WordPress é gratuito. Tens de instalar o WooCommerce dentro do WordPress, que tem dezenas de temas muito adequados a qualquer tipo de negócio.

 

É flexível, segura, robusta e acompanha a evolução do teu negócio, além de que não te cobra comissões sobre a venda dos teus produtos.

 

O que pode acontecer é teres de pagar por formas de pagamento, como referências Multibanco ou PayPal, mas isso é à parte do WordPress e do WooCommerce.

 

Caso optes por transferência bancária, por exemplo, não terás de pagar nada a ninguém. Mas isto, será uma opção tua e deverá ser o mais adequada possível à realidade do teu negócio.

 

E quanto ao SEO? Qual a melhor opção?

 

O Wix sofreu melhorias neste campo, mas ainda não são suficientes para garantir que os motores de busca lhe reconheçam o valor desejado.

 

Ao passo que o WordPress tem plugins muito competentes para melhorar o conteúdo do teu website ou blog, o Wix ainda apresenta limitações graves.

 

Por exemplo, o Wix atribui um nome codificado às tuas imagens. Não lhes podes dar um nome SEO friendly como no WordPress. Isto prejudica o quão pesquisável serás no Google.

 

Ora, vamos imaginar que tens um blog de fotografia ou um e-commece. Em vez de teres imagens otimizadas para os motores de busca, pesquisáveis pelo nome, terás imagens codificadas e não identificáveis. Estás, assim, a perder inúmeras oportunidades de seres encontrado na internet.

 

Vamos ao custo de manter um website no WordPress e no Wix?

Além da questão da subscrição mensal obrigatória e da comissão sobre as vendas que referi acima, temos aqui outra questão muito importante: de quem é a propriedade do teu website?

 

O site é de quem?

Pois é… É que o Wix não te deixa escolher um domínio próprio.

 

A estrutura do domínio de um website Wix é a seguinte: utilizador.wix.com/nomedosite

 

Além de que a publicidade do próprio Wix no teu website é obrigatória. Terás o logo do Wix no fundo do site. E, se pensarmos no assunto, faz sentido: o website não é teu. É do Wix.

 

E se quiseres ter algum controlo sobre o tráfego do teu site, lamento, mas não o terás gratuitamente. Terás de comprar add-ons para teres acesso ao Google Analytics, por exemplo, via Wix.

 

Custos de ter um website no WordPress

Com o WordPress também existe um custo associado. Não da plataforma em si, mas porque exige que adquiras o teu domínio para que possas instalar a plataforma e teres autonomia total sobre o teu website, o que parece ser o ideal, na verdade.

 

Precisas de comprar o teu domínio, que escolherás à tua vontade, conforme os domínios que ainda estiverem disponíveis no mercado. E terás de comprar um alojamento. Basicamente, o espaço num servidor onde alojas o teu website.

 

Se quiseres saber mais acerca de alojamento, lê o artigo Vamos falar sobre alojamento para WordPress.

 

Embora tenha um custo associado, vai sair-te mais barato do que no Wix e terás a propriedade absoluta do teu website.

 

Concluindo…

Espero ter ajudado nas principais diferenças entre WordPress e Wix e que, assim, possas escolher em consciência qual a melhor plataforma para ti.

 

Tendo em conta as limitações do Wix e o facto de estar a pagar por algo que não é meu, é algo que torna a escolha muito fácil, a meu ver.

 

Mas deixo ao teu critério o melhor caminho a tomar.

 

Qualquer questão, podes contactar-me a qualquer momento, que farei tudo para responder com brevidade.

Um beijinho,
Bárbara

Fica a par das novidades

Newsletter

Que tal seres a primeira a receber as novidades sobre Web Design, websites WordPress e empreendedorismo digital?

Este site usa cookies para garantir que obtém a melhor experiência no nosso site.